Encantados...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010



Os demônios podem transformar-se em anjos quando são verdadeiramente
amados.
Já os anjos quando tornam-se demônios ... não têm volta...

(desconheço o autor)

***

sábado, 30 de outubro de 2010

Caio Fernado Abreu



"Não sou para todos.

Gosto muito do meu mundinho.

Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas.

Às vezes tem um céu azul, outras tempestade.

Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos.

Mas não cabe muita gente.

Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso.

São necessárias."


***

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Rubem Alves




“Somos donos de nossos atos,
mas não donos de nossos sentimentos;
Somos responsáveis pelo que fazemos,
mas não somos responsáveis pelo que sentimos;
Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos...
Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo.”


***

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Vladimir Maiakovski



.:.

Nos demais,
todo mundo sabe,
o coração tem moradia certa,
fica bem aqui no meio do peito,
mas comigo a anatomia ficou louca,
sou todo coração...


***

sábado, 16 de outubro de 2010

Martha Medeiros



Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos. Um filme mais ou menos, um livro mais ou menos. Tudo perda de tempo. Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu acaso, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia...

sábado, 25 de setembro de 2010

Caio Fernando Abreu



"No fim destes dias encontrar você que me sorri,
que me abre os braços, que me abençoa e
passa a mão na minha cara marcada,
na minha cabeça confusa,
que me olha no olho e me permite mergulhar
no fundo quente da curva do teu ombro.
Mergulho no cheiro que não defino,
você me embala dentro dos seus braços
e você me beija e você me aperta
e você me aquieta repetindo
que está tudo bem, tudo, tudo bem..."


***

domingo, 19 de setembro de 2010

Caio Fernando Abreu



"Amanhã, depois, acontece de novo, não fecho nada,
não fechamos nada, continuamos vivos e atrás da felicidade,
a próxima vez vai ser ainda quem sabe mais celestial que
desta, mais infernal também, pode ser, deixa pintar."

***